Relação de Transmissão de engrenagens

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Relação de Transmissão de engrenagens

Mensagem  Filipe Reis em Qui Out 30, 2014 3:04 pm

Vamos pôr em prática a sugestão do amigo Mário JP, até porque torna-se sempre muito interessante sabermos como colocar e comparar dados, e acima de tudo com uma certa simplicidade.

A força que nós aplicamos nos pedais produz o movimento de 3 rodas, (com a colaboração da corrente).
Duas rodas dentadas e a roda de trás da bicicleta.

Só precisamos de saber o numero de dentes da roda pedaleira, o numero de dentes de cada carreto e o perímetro da roda. Apesar de estarmos a falar de rodas 16'', 20'', também se aplica às rodas de 26'', 27,5'' e 29er, o importante é mesmo o perímetro da roda com o respectivo pneu montado. Pois a mesma roda com pneus de marcas ou larguras diferentes, tem perímetros também diferentes.

1- Para achar a relação de transmissão (Gear Ratio)
Por cada volta do prato pedaleiro (1 rotação) o carreto gira n vezes.
Relação de transmissão prato/carreto = P/A

P=numero de dentes do prato (unidade motora)
A=numero de dentes do carreto (unidade de carga)

Exemplo: Uma rotação de um prato com 22 dentes produz duas rotações num carreto de 11 dentes.
Relação das engrenagens 1:2 (enquanto a unidade motora dá 1rotação a unidade de carga dá 2 rotações)

2- Metros de desenvolvimento
Ou seja, mudanças em metros: é a distância percorrida durante uma volta completa da pedaleira, em cada mudança, medida em metros.
Metros desenvolvimento= C*(P/A)

C=Perímetro da roda em metros
P=numero de dentes do prato (unidade motora)
A=numero de dentes do carreto (unidade de carga)

Exemplo 1: Uma roda com o perímetro de 2,1m, um prato com 22 dentes e um carreto de 11 dentes.
(22/11)*2.1m
22/11=2*2.1m=4.20m

O resultado é que uma rotação na pedaleira, com o prato 22 no carreto 11 a roda de trás percorre 4.2metros.

Exemplo 2: A mesma roda, o mesmo prato de 22 dentes e um carreto de 32 dentes.
(22/32)*2.1m
22/32=0.68*2.1m=1.42m

O resultado é que uma rotação na pedaleira, com o prato 22 no carreto 32 a roda de trás percorre 1.42metros. (a roda não chega a dar uma volta)

A partir daqui podemos ficar com a noção das nossas mudanças, ou seja, em cada mudança quantos metros percorremos numa rotação de pedaleira.
Então vamos supor que aplicamos uma cadência constante de 60 r.p.m. na pedaleira com o prato de 22 dentes e o carreto de 11 dentes. (1 rotação=4.20m x 60 r.p.m.= 252 metros/minuto x 60 minutos=15120 metros ou seja 15,1Km/h .

3- Relação de transmissão (Gear Range)
Os fabricantes normalmente apresentam a eficiência das suas transmissões,na base da amplitude das mesmas, ou seja, vamos aplicar os dados já recolhidos, dos exemplos anteriores.
A mudança mais pesada corresponde ao carreto de 11 dentes e ficamos a saber que numa rotação da pedaleira a bicicleta movimenta-se 4,20 metros.
A mudança mais leve corresponde ao carreto de 32 dentes e com uma rotação de pedaleira movimenta a bicicleta 1,42 metros.
Se dividir-mos os 4,20m por 1,42m o resultado é um coeficiente em que anulamos a virgula e passa a 3 digitos.
A eficiência desta transmissão é de 295%


Para quem não quiser fazer contas, pode seguir ou copiar este link, que se encarrega de as fazer e apresentar dados!

http://home.earthlink.net/~mike.sherman/shift.html


Boas pedaladas.

Filipe Reis

Mensagens : 40
Data de inscrição : 27/10/2014
Localização : Amadora

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relação de Transmissão de engrenagens

Mensagem  nobody_here em Sex Out 31, 2014 1:30 am

Muito bom post Filipe, extremamente útil.

nobody_here

Mensagens : 56
Data de inscrição : 10/10/2014
Idade : 46
Localização : Barreiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relação de Transmissão de engrenagens

Mensagem  Filipe Reis em Seg Nov 03, 2014 6:32 am

Como complemento e para quem pretende alterar as suas transmissões, temos aqui as informações elementares para podermos seguir com os nossos projectos em frente.

Será sempre razoável e de bom senso, antes de adquirir o material ter a noção da influência que mais dois ou menos 4 dentes, por exemplo, alteram todas as relações de transmissão no seu conjunto, o que pode traduzir-se numa "maravilha" para uma subida mais íngreme, mas uma péssima ideia para quando apanhamos uma recta longa ou mesmo uma descida.
Boas alterações. Shocked

Filipe Reis

Mensagens : 40
Data de inscrição : 27/10/2014
Localização : Amadora

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relação de Transmissão de engrenagens

Mensagem  Mario JP em Ter Nov 04, 2014 9:21 am

Obrigado pelo artigo Filipe, claramente explicado.
Daqui vem a pergunta do principiante: qual a melhor maneira de sabermos o numero de dentes dos vários componentes sem os ter de contar? Very Happy
Suponho que existam tabelas indicando isso. Alguma dica para as encontrar? Tudo o que sei (indicação nas carateristicas de venda) da minha é que tem: Cassette: 8 speed cassette, 11-32T




Mario JP

Mensagens : 88
Data de inscrição : 08/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relação de Transmissão de engrenagens

Mensagem  Filipe Reis em Ter Nov 04, 2014 4:00 pm

Ora bem...sem ter que contar.

Uma pequena introdução!
É importante termos algumas noções, mínimas que sejam para podermos identificar o cogset, ou seja, o conjunto de rodas dentadas aplicadas na roda traseira.
Neste caso, basicamente existem duas alternativas relativamente aos cubos que são aplicados na roda de trás. O chamado sistema de Freewhell (roda livre com sistema de rosca externa) ou o sistema de cubo livre, mais actual, e que permite o acoplamento da cassette.
A importância da identificação surge como uma medida prioritária. Qual o tipo utilizado, isto para termos um ponto de partida por exclusão de partes.
Depois de identificar o cogset, e neste caso o amigo Mário já referenciou que é uma cassette com 8 velocidades, em que a amplitude se situa nos 11-32t (dentes).Falta portanto identificar os restantes 6 carretos.

Normalmente e em cada carreto (visto de frente) está inscrito precisamente o numero, ao qual corresponde o numero de dentes. Caso não seja possível , ou por omissão ou por estar muito apagado ou sujo, podemos sempre fazer uma consulta ao site do fabricante do componente em causa.

Em principio deverá ser uma cassete da marca Shimano, modelo Alivio CS-HG51 com os seguintes carretos:
11-13-15-18-21-24-28-32T

Normalmente as cassettes de 8 velocidades disponibilizam ainda mais duas combinações:
11-13-15-17-19-21-24-28T
11-13-15-17-20-23-26-30T

Por exemplo, é também possível efectuar o download dos pdf no suporte técnico, disponibilizados por esta marca. http://www.shimano.com/
ou
Fabricante SRAM https://www.sram.com/sram/mountain/component/cassettes
entre outros.

Casos há, em que existe mesmo muita dificuldade em identificar a referência/característica do componente.
Ausência de informação normalmente verificada nos componentes de gama muito baixa.

Filipe Reis

Mensagens : 40
Data de inscrição : 27/10/2014
Localização : Amadora

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relação de Transmissão de engrenagens

Mensagem  Filipe Reis em Qua Nov 05, 2014 1:48 am

Por curiosidade, e depois de uma rápida pesquisa aqui pelo fórum, fiquei a saber que a sua dobrável actual é uma Dahon Vitesse D8 de 2014.
Partindo desta informação, e segundo as caracteristicas técnicas, as quais indicam que a cassette aplicada é da marca SunRace (eu tinha sugerido a shimano no post anterior)

No entanto a numeração dos carretos não alteram:
11-13-15-18-21-24-28-32T

Site do fabricante SunRace:
http://www.sunrace.com/
A tal tabela que tinha sugerido: (como é um doc em pdf, pode eventualmente surgir um alerta de segurança do sistema)
http://www.sunrace.com/userfiles/products/specs/CSM.pdf

Filipe Reis

Mensagens : 40
Data de inscrição : 27/10/2014
Localização : Amadora

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relação de Transmissão de engrenagens

Mensagem  Mario JP em Qua Nov 05, 2014 11:41 am

Muito obrigado Filipe. Li algures que de facto os equipamentos são sunrace e portanto os dados das tabelas são os necessários. Já aqui tenho informação para me "entreter" Very Happy

Mario JP

Mensagens : 88
Data de inscrição : 08/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relação de Transmissão de engrenagens

Mensagem  Mario JP em Seg Nov 10, 2014 8:21 am

No meu caso a eficiencia da transmissão será de 290,85 já que tenho 52 dentes na pedaleira e o perimetro da roda é de 1.54 m (se bem me lembro da ultima vez que medi).

Mario JP

Mensagens : 88
Data de inscrição : 08/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relação de Transmissão de engrenagens

Mensagem  Mario JP em Qui Nov 13, 2014 3:48 am

A memória não tinha falhado por completo mas o perimetro de 154 cm era dos pneus antigos. Os novos fazem-me andar mais por cada pedalada pois têm um perimetro de 158 cm.

Mario JP

Mensagens : 88
Data de inscrição : 08/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Racios

Mensagem  Filipe C Cardoso em Sex Jan 09, 2015 11:12 am

Muito, muito bom!

Filipe C Cardoso

Mensagens : 13
Data de inscrição : 09/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relação de Transmissão de engrenagens

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum