Os Pedais da Bicicleta

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Os Pedais da Bicicleta

Mensagem  Filipe Reis em Sex Jan 02, 2015 11:54 am

Pedais
Interface fundamental numa bicicleta para a transferência de potencia.


Componente conhecido e utilizado por todos , mas possivelmente com alguns (poucos) pormenores técnicos que nos podem escapar e que é de toda a conveniência estarmos inteirados.
Basicamente a grande diferença entre o pedal direito e o pedal esquerdo, é que  o sentido dos fios de rosca dos eixos são diferentes.
O pedal direito tem rosca direita e o pedal esquerdo a rosca é esquerda.
Normalmente e no eixo está gravado uma letra que corresponde a cada um dos lados a que o pedal pertence.
Letra R (right) direita (lado da transmissão) e letra L (left) esquerda.

Eixos dos pedais.
Existem duas medidas de eixos de pedais. Os valores são fornecidos em polegadas.

Eixo de 1/2'', normalmente aplicados nas BMX americanas e antigas bicicletas francesas. Penso que actualmente só aplicadas nas bicicletas de criança ou em bicicletas mais antigas em que os cranks tinham uma concepção diferente dos modelos de hoje.

Eixo de 9/16'', é esta a medida de eixo padronizado que equipam as bicicletas actuais.

A especificação 9/16'' x 20 TPI.

9/16''   Refere-se ao diâmetro do eixo.
20 TPI   Corresponde à característica da rosca, ou seja, com 20 fios por polegada.

A Ferramenta

A ferramenta utilizada para o aperto dos pedais é uma chave de bocas de 15mm, a qual fica ligeiramente folgada, mas é também a mais acessível de adquirir, pois o ideal seria utilizar a chave especifica para pedais, mais difícil de encontrar e também significativamente mais cara.
A medida da chave é em polegadas que convertendo para milímetros corresponde a 14,28mm). Portanto é uma diferença que para o caso (eixos dos pedais) não é importante.

Existem modelos de pedais em que a chave utilizada é exclusivamente uma chave Allen de 8mm. Estes eixos disponibilizam  o sextavado interior.

Montagem ou desmontagem dos pedais.

Pedal R
- Aperta para a direita
- Desaperta para a esquerda

Pedal L
- Aperta para a esquerda
- Desaperta para a direita

Para ser mais fácil de familiarizarmos com os sentidos dos apertos / desapertos, podemos utilizar a seguinte mnemónica;
- Ambos os pedais apertam no sentido da roda da frente.
- Ambos os pedais desapertam no sentido da roda de trás.

Antes de montar os pedais nos cranks, retirar os resíduos de sujidade e limpar muito bem as roscas, dos pedais e dos cranks. Colocar massa consistente nas roscas.
NUNCA colocar o produto para travar as roscas.
Quando pedalamos, o movimento de rotação do próprio pedal acaba por ser no sentido do próprio aperto. Aperto Max. (35N-m)

continua…

Filipe Reis

Mensagens : 40
Data de inscrição : 27/10/2014
Localização : Amadora

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Pedais da Bicicleta

Mensagem  nobody_here em Sab Jan 03, 2015 5:39 am

Grande Dica essa de os pedais apertarem para a frente e desapertar para trás, muito util e é uma coisa que eu fico sempre a pensar que estou a fazer de errado, Mais um excelente post, sempre a faturar, Obrigado. Very Happy Very Happy

nobody_here

Mensagens : 56
Data de inscrição : 10/10/2014
Idade : 46
Localização : Barreiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Pedais da Bicicleta

Mensagem  Filipe Reis em Qua Jan 07, 2015 4:34 pm

Revisão anual

Nos pedais das nossas dobráveis o acesso ao seu interior não é recomendavel, são praticamente inacessíveis e não justifica tentar qualquer tipo de intervenção. Em caso de surgir alguma anomalia, passa por adquirir uns novos.
Agora e por uma questão de regra, os pedais devem ser retirados dos cranks, pelo menos uma vez ao ano, limpar muito bem, principalmente os fios de rosca do pedal e do crank, lubrifica-los unicamente com massa consistente e voltar a montar.
Isto para salvaguardar uma eventualidade de termos que substitui-los, e ter a certeza que não vamos ter problemas, pois com o passar do tempo a tendência dos materiais é o de colar, soldar, aquilo que conhecemos por os materiais ficarem calcinados.

Esta situação surge frequentemente por dois motivos.

O primeiro motivo (até que podia ser evitado) é que quando as bicicletas saem da linha de montagem, com custos extremamente reduzidos, uma das poupanças é na massa, neste caso começa logo pela pobreza de massa consistente aplicada neste componente.

O segundo motivo é inerente ao movimento continuo dos pedais, ao pedalar a tendência é para apertar, perante o comportamento mecânico e a acção química provenientes das ligas dos materiais dos quais são compostos. (pedal/crank)

Estas condições favorecem a dificuldade. O pedal direito é sempre o mais difícil de desapertar, pois desaperta para a esquerda e como tal não tem oposição de forças. Precisamos da colaboração de alguém, que mantenha fixa a pedaleira.
Em casos mais graves pode ser necessário aplicar antecipadamente um óleo penetrante e limpador com propriedades de desbloquear peças, tipo WD 40.
O ideal será utilizar para estes casos um maço de borracha e utilizando a chave de bocas, dar umas pancadas secas na sua extremidade até desbloquear. Quanto maior a alavanca da chave, mais eficiente se torna a tentativa.


continua…

Filipe Reis

Mensagens : 40
Data de inscrição : 27/10/2014
Localização : Amadora

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pedais

Mensagem  Filipe C Cardoso em Sex Jan 09, 2015 10:06 am

Filipe, já me apercebi que és um entendido na materia, escreves muito bem, continua com os teus excelentes artigos poi´s são muito informativos/ formativos

Qual a tua opniao sobre o mercado das dobraveis em Portugal?.

Filipe C Cardoso

Mensagens : 13
Data de inscrição : 09/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Os Pedais Da Bicicleta

Mensagem  Filipe Reis em Seg Jan 12, 2015 12:23 pm

Modelos de pedais

Para as bicicletas de cidade, os pedais utilizados são os simples, com a plataforma em plástico e com reflectores.

Para as bicicletas dobráveis os mais indicados são os pedais que permitem serem dobrados a 90º, no contexto de plataforma simples e em plástico, também com reflectores.

Para uma transição de bicicleta de cidade, cicloturismo, para bicicleta de BTT existe no mercado pedais específicos, em que uma das faces da plataforma permite a utilização com calçado normal, e a outra face da plataforma disponibiliza um encaixe automático para fixar o calçado especifico com os respectivos cleats montados.
Este tipo de pedal no entanto acaba, mais tarde ou mais cedo, por ser rejeitado, à medida que o Rider ganha confiança.
O sistema mais utilizado é o SPD (Shimano Pedaling Dynamics), entre outros.

Para bicicletas de BTT, (Mountain Bike) o ideal é a utilização de pedais, em que ambas as faces da plataforma disponibilizam o sistema SPD ou outro idêntico.
Uma das particularidades dos pedais com sistema SPD, é que permitem antes da sua utilização regular a força do encaixe/desencaixe dos cleats.

Para bicicletas de Freeride e Downhill os pedais utilizados tem uma plataforma mais larga, no entanto, e claro ficando ao critério do Rider, uns tem na periferia da plataforma  alguns pinos metálicos para favorecer o contacto com o calçado, outros pedais utilizam o sistema de cleats.

Estes modelos de pedais são mais elaborados e implicitamente mais caros, mas preparados para enfrentar a agressividade ambiental do terreno. Pontualmente justificam uma intervenção de manutenção no seu interior, para limpeza e lubrificação dos rolamentos/esferas.

Fabricante Shimano
(referências)
SPD-SM Cleats para pedais de BTT
SPD-SL  Cleats para pedais de estrada

Filipe Reis

Mensagens : 40
Data de inscrição : 27/10/2014
Localização : Amadora

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Pedais da Bicicleta

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum